Ceratocone é uma doença

A doença ceratocone tem como base a mudança na superfície da córnea, a deixando mais fina e curva, podendo assim estimular a perda de estímulos tanto internos quanto externos, causando uma perda progressiva da visão.

Para o tratamento desses casos a primeira opção são as lentes, porém nem sempre surgem o esperado efeito e atos como coçar os olhos podem agravar ainda mais a progressão, por isso pessoas alérgicas ou com problemas nos canais lagrimais de deixam a visão mais ressecadas talvez precisem de tratamentos paralelos para manter-se com as mãos longe dos olhos.

Uma intervenção cirúrgica é quase sempre a última opção de tratamentos, apenas em alguns casos é preciso e hoje já podemos contar com métodos mais modernos de cirurgias alternativas, nos meados dos anos 1990 ainda eram realizados transplantes de córnea como o único meio de tratamento para esses casos.

São diferentes cirurgias para cada fase e objetivo da doença de ceracotone e pode ou não ser indicada ou necessária para cada tipo de pessoa. São eles, o transplante penetrante de córnea, o transplante lamelar de córnea, implante de segmentos de anel intra-corneano, ablação de superfície personalizada, entre outros.

No site da clínica Visare Rio você poderá obter mais informações sobre a doença, as cirurgias e ainda agendar uma consulta pelos telefones disponíveis, acesse: http://visarerio.com.br/cirurgias/ceratocone/.

A visita frequente até um oculista pode ser uma ótima maneira de manter-se em dia com os exames e assim diagnosticar precocemente uma possível alteração da córnea para que a progressão do problema possa ser analisada e cuidada. A equipe de profissionais da Visare Rio é altamente competente e lhe submeterá aos melhores exames disponíveis no mercado, garanto que se sentirá mais seguro em relação aos seus olhos.

Um exame disponível e que pode tanto diagnosticar, quando acompanhar antecipadamente o progresso do ceratocone é a topografia de superfície, pois ela analisa a superfície da córnea e interpreta quais as chances que cada pessoa tem de ter ou desenvolver essa doença.